Acerca de mim

A minha foto

adoro cozinhar e ao longo dos anos, fiz uma recolha de receitas, que estou a publicar no meu blog http://docemelga.blogspot.pt/
 além disso dedico-me de corpo e alma à aprendizagem recente dos trabalhos em pasta de açúcar...
Mostrar mensagens com a etiqueta Açordas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Açordas. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Açorda de Tomate com Marisco

Ingredientes

1 dl de azeite
2 Cebolas
4 dentes de alho
3 Tomates maduros de tamanho médio
1 embalagem de Creme de Marisco
Pão duro -q. b.
1 ou 2 embalagens ( +/- 500 gr ) de Camarão descascado
1 embalagem de Delicias do Mar
Coentros a gosto



Modo de Preparação

Coloque o camarão numa taça a descongelar e corte as delícias.
Num tacho de barro, coloque o azeite, a cebola às rodelas finas, o alho picadinho, os tomates s/ pele partidos em pedaços pequenos e deixe ferver tudo, deixando apurar.
Entretanto parta o pão em pedacinhos pequenos e envolva no refogado. Prepare o Creme de Marisco, conforme instruções da embalagem e escalde o pão. Deixe amaciar muito bem, mexendo sempre e quando levantar fervura, junte o camarão e as delicias cortadas a gosto e acrescente a água necessária para que a açorda fique com uma consistência molinha. Utilize a água da descongelação do camarão e mais um pouco se necessário. ( a foto que apresento, foi tirada antes de juntar a água...)
Deixe levantar fervura e rectifique o sal e por fim junte os coentros picadinhos. Sirva de imediato para não secar.


( Receita da minha autoria - Docemelga - 2001)

Açorda de lagosta e camarão


Ingredientes

1 lagosta         
500 g camarão           
3 dentes de alho         
3 c. sopa azeite
 1 dl caldo de cubo de peixe 
sal e pimenta q.b.
piripiri em pó q.b. 
4 gema(s) de ovo 

Modo de Preparação
Coze-se o marisco na menor quantidade de água possível. Esta água pode ser aromatizada com um ramo de salsa, uma cenoura e um copo de vinho branco, ou pode ainda cozer-se o marisco num caldo onde previamente se cozeu uma posta de peixe com um ramo de salsa, uma cenoura e um copo de vinho branco. Neste caso já não se deve acrescentar caldo de peixe à açorda Depois do marisco cozido, retira-se da carapaça, aproveitando os corais e o recheio das cabeças Reserva-se o marisco. Pisam-se as carapaças e as cabeças e leva-se ao lume a ferver na água em que o marisco cozeu, com a panela destapada; esta fervura tem por fim concentrar o aroma do marisco. Passa-se a água por um passador. Alouram-se os dentes de alho no azeite e retiram-se.  Introduz-se o pão previamente amolecido com a água que serviu para cozer o marisco (e que depois cozeu com as cabeças e as carapaças) e o caldo de peixe. Deixa-se ferver mexendo com uma colher de pau, de modo a obter uma açorda macia e bem ligada. Tempera-se com sal, pimenta e piripiri. Juntam-se os camarões ou a lagosta cortada em bocadinhos e retira-se a açorda imediatamente do lume. Juntam-se as gemas, mexe-se rapidamente e enfeita-se a superfície com as patas e as antenas da lagosta ou alguns camarões maiores que se reservaram para o efeito 

( da minha recolha de receitas - 1980)

Açorda de Peixe


Ingredientes

Peixes variados  
Delicias do Mar  
Camarão descascado  
Boroa
Azeite
Alho
Pão duro  
Coentros
Ovos

Nota: As quantidades a utilizar, são em função do nº de pessoas

Modo de Preparação
Coze-se o peixe, temperado com sal e retira-se da água após a cozedura,  reserva-se numa taça, fazendo o mesmo às delicias do mar e camarão descascado. Num tacho de barro coloca-se o azeite, o alho esmagado e os coentros. Entretanto, parte-se à mão,  o pão em pedacinhos pequenos e esfarela-se a boroa. Escalda-se o azeite, alho e coentros com o caldo onde se cozeu o peixe, colocando de imediato  o pão e a boroa e leva-se ao lume, mexendo sempre, para não pegar. Quando levantar fervura junta-se o  peixe sem  peles nem espinhas, o camarão e as delicias do mar. Acrescenta-se o caldo necessário,  onde se cozeu o camarão e rectifica-se o sal, se necessário. Logo que levante fervura de novo, apaga-se o lume do fogão e tapa-se o tacho para manter a fervura.  Entretanto, num tachinho à parte, com o caldo restante, escalfam-se os ovos, mal passados, colocando-os de imediato por cima da açorda. Pode juntar-se mais um pouco de caldo caso  se verifique que  a açorda está a ficar seca. Deve ser servida de imediato envolvendo os ovos todos ou servir com com os ovos individualmente

( receita da Docemelga -criada em 1980)

domingo, 4 de novembro de 2012

Açôrda de Camarão


Ingredientes

1/2 kg de camarão
1/2 kg de pão alentejano
1 molho de coentros
5 colher de sopa  de azeite
5 dentes de alho
4 ovos
Sal – qb
Pimenta preta moida – qb
Piri-piri -qb

Modo de Preparação
Coza o camarão em água temperada de sal. .Descasque-o depois de cozido, e introduza as cascas e as cabeças na água da cozedura(reserve alguns com casca para a decoração). Leve a água ao lume com as cascas e cabeças dos camarões, deixe ferver até reduzir um pouco. Retire do lume triture e passe em seguida pelo passador.Reserve este caldo e deixe arrefecer. No caldo que reservou, e frio ponha o pão de molho. Leve um recipiente ao lume com os alhos esmagados e o azeite, deixe fritar os alhos mas sem ficarem escuros. Retire os alhos. Esprema o pão e introduza-o no azeite, vai-se deitando um pouco da água onde o pão esteve demolho, mexe-se muito bem. Quando a açôrda estiver pronta introduza-lhe o camarão descascado e metade dos coentros picados. Tempere de sal, pimenta e piri-piri. Numa caçarola de vidro bem quente, deite a açôrda, enfeite-a com os camarões que reservou, e abrem-se os ovos colocam-se por cima e polvilha-se tudo com os restantes coentros picados. Quando estiver na mesa envolva os ovos na açorda com a ajuda de duas colheres, e sirva. 



( da minha recolha,enviada por Ligia Pereira  e publicada em www.culinárias.net)

Açorda Alentejana


Receita do Baixo Alentejo

Ingredientes

2 postas de bacalhau
4 ovos
1 concha de azeite
Pão- qb
Coentros
4 dentes de alho e sal

Pisam-se os coentros, os dentes de alho e o sal num almofariz. Cozem-se o bacalhau e os ovos. Corta-se o pão em fatias pequenas. Numa terrina, colocam-se os temperos já pisados e o azeite. Junta-se a água a ferver, de modo a cozer o azeite e o pão. Serve-se juntamente com o bacalhau e os ovos.

( Receita da m/ recolha de Receitas da Cozinha Tradicional Portuguesa -  Editorial Verbo - 2004)




segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Açorda Madeirense

Ingredientes

 6 ovos
  sal

  malagueta

  300 gr de pão duro

  água

  1 molho(s) de segurelha

  8 dente(s) de alho
  1 dl de azeite

Preparação
Corta-se o pão em fatias finas para uma tigela. Colocam-se por cima os dentes de alho pisados, o sal, a malagueta, a segurelha, o azeite e a água a ferver. Tapa-se para embeber. Escalfam-se os ovos, à parte, e colocam-se por cima da açorda.

(enviado por Chefe Culinárias.net )

Açorda de Sapateira


 Ingredientes:

1 sapateira cozida
1 cebola
3 dl de azeite
3 colheres (sopa) de calda de tomate
750 g de pão caseiro
4 ovos
sal e pimenta q.b

Preparação:

Corte a cebola às rodelas, deite num tacho e regue com azeite. Ponha a carne retirada da sapateira por cima.
Deixe a cebola refogar com a sapateira e quando estiver loura regue com um pouco de água. Adicione a calda de tomate e deixe apurar.
Corte o pão em fatias, coloque-as no tacho e deixe embeber bem.
Bata os ovos com um pouco de sal e pimenta, junte-os à açorda e mexa tudo muito bem para impedir que os ovos talhem. Sirva imediatamente
 
( Receita da m/ recolha - 1998)

Açorda de Camarão à pressa

Ingredientes

 1 kg de camarão
 4  pão de mistura
 1 dl de azeite
 5 dentes de 

 3 ovos
 Coentros – qb
 Sal - qb


Modo de Preparação
Cozem-se os camarões em água temperada de sal. Passam-se por um passador e reserva-se a água que se deixa esfriar um pouco. Entretanto descascam-se os camarões, deixando alguns para a decoração. Corta-se o pão em pedaços e põe-se de molho na água que cozeu os camarões. Num tacho põe-se o azeite e os alhos esmagados e deixa-se alourar levemente. Escorre-se o pão embebido e junta-se ao azeite com os alhos. Mexe-se tudo muito bem. Mistura-se coentros partidos grosseiramente. Adicionam-se os camarões e mexe-se. Abrem-se os ovos sobre a açorda bem quente, envolve-se rapidamente para que cozam na mistura. Serve-se de imediato, polvilhada com coentros.
 
( da minha recolha de Receitas -www.culinárias.net - enviada por Elizabeth Coelho )

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Açorda Alentejana de Bacalhau


Ingredientes

2 postas de bacalhau
Coentros
4 ovos
4 dentes de alho
1 concha de azeite
sal
pão

Modo de Preparação

Pisam-se os coentros, os dentes de alho e o sal num almofariz. Cozem-se o bacalhau e os ovos e corta-se o pão em fatias pequenas. Numa terrina, colocam-se os temperos já pisados e o azeite. Junta-se a água a ferver, de modo a cozer o azeite e e o pão. Serve-se juntamente com o bacalhau e os ovos.

( Receita da m/ recolha - Cozinha Tradicional Portuguesa - Editorial Verbo)

Açorda Alentejana


Ingredientes

1 bom molho de coentros ou um molho pequeno de poejos ou ainda uma mistura das duas ervas
2 a 4 dentes de alho
1 colher de sopa bem cheia de sal grosso
4 colheres de sopa de azeite
1,5 litro de água a ferver
400 grs de pão caseiro (duro)
4 ovos

Modo de Preparação
Pisam-se num almofariz, reduzindo-os a papa, os coentros (ou os poejos) com os dentes de alho, a que se retirou o grelo, e o sal grosso Deita-se esta papa na terrina ou numa tigela larga e funda ou ainda em tacho de barro. Rega-se com o azeite e escalda-se com a água a ferver, onde previamente se escalfaram os ovos (de onde se retiraram). Mexe-se a açorda com uma fatia de pão grande, com que se prova a sopa. A esta sopa dá-se o nome de sopa «azeiteira» ou «sopa mestra». Introduz-se então no caldo o pão, que foi ou não cortado em fatias ou em cubos com uma faca, ou partido à mão, conforme o gosto. Depois, tapa-se ou não a açorda, pois uns gostam dela mole e outros apreciam as suas sopas duras Os ovos são colocados no prato ou sobre as sopas na terrina , também conforme o gosto. A açorda é, fora do Alentejo, o prato mais conhecido da culinária alentejana Vai à mesa do pobre e do rico e raro é o dia que não constitui o. almoço do trabalhador rural. Tem muitas variantes, geralmente com ovos escalfados, que também podem ser cozidos, e azeitonas.
Muitas vezes, na água utilizada já se cozeu uma posta de pescada ou de bacalhau

( Esta receita, faz parte da minha recolha de receitas, mas por lapso não identifiquei a fonte)

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Açorda de Tomate com Marisco

Ingredientes

1 dl de azeite
2 Cebolas
4 dentes de alho
3 Tomates maduros de tamanho médio
1 embalagem de Creme de Marisco
Pão duro -q. b.
1 ou 2 embalagens ( +/- 500 gr ) de Camarão descascado
1 embalagem de Delicias do Mar
Coentros a gosto

















Coloque o camarão numa taça a descongelar e corte as delícias.
Num tacho de barro, coloque o azeite, a cebola às rodelas finas, o alho picadinho, os tomates s/ pele partidos em pedaços pequenos e deixe ferver tudo, deixando apurar. Entretanto parta o pão em pedacinhos pequenos e envolva no refogado.
Prepare o Creme de Marisco, conforme instruções da embalagem e escalde o pão.
Deixe amaciar muito bem, mexendo sempre e quando levantar fervura, junte o camarão e as delicias cortadas a gosto e acrescente a água necessária para que a açorda fique com uma consistência molinha. Utilize a água da descongelação do camarão e mais um pouco se necessário. ( a foto que apresento, foi tirada antes de juntar a água...)
Deixe levantar fervura e rectifique o sal e por fim junte os coentros picadinhos. Sisva de imediato para não secar.

(Receita pessoal)

http://receitasedelicias.activeboard.com/t30119753/aorda-de-tomate-com-marisco/