Acerca de mim

A minha foto

adoro cozinhar e ao longo dos anos, fiz uma recolha de receitas, que estou a publicar no meu blog http://docemelga.blogspot.pt/
 além disso dedico-me de corpo e alma à aprendizagem recente dos trabalhos em pasta de açúcar...

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Borrachões

Estes biscoitos, típicos da região da Beira Baixa, têm como ingredientes determinantes o azeite e as bebidas alcoólicas (aguardente e jerupiga ou vinho branco). O nome Borrachões deriva exatamente do facto de a massa ser embebida em álcool, fazendo lembrar o estado de embriaguez moderada que se experimenta depois de beber um pouco. No entanto, não pense que irá apanhar um “borracho” depois de comer estes biscoitos; a presença do azeite, juntamente com a aguardente e a jerupiga dão-lhes é um sabor tradicional genuíno.

Além de ser uma receita simples de confecionar, estas bolos aguentam-se durante muito tempo (mais de 2 meses), desde que estejam devidamente acondicionados e não apanhem humidade.

Conheça a forma tradicional de preparar esta receita centenária, que é considerada um ex-librisda doçaria regional da Beira Baixa.




Ingredientes:


125 ml de aguardente
125 ml de jerupiga (ou vinho branco)
200 g de açúcar
250 ml de azeite
750 g de farinha
canela p/ polvilhar
ovo batido p/ pincelar a superfície
Confeção:

Junte a jeropiga, a aguardente e o açúcar, misturando bem.Num recipiente fundo, coloque a farinha e faça um buraco no meio, onde deita o azeite e a mistura anterior.Vá envolvendo lentamente os ingredientes com a farinha, até obter um preparado homogéneo, e deixe repousar cerca de 30 minutos. Tenda a massa de modo a ficar com a espessura com cerca de 1 cm e corte-a em retângulos com uma carretilha. Pincele as tiras com ovo batido e polvilhe-as com canela.Leve a cozer num tabuleiro levemente untado com azeite ou óleo, em forno quente (200º C, cerca de 15 minutos) ou moderado (170º C até ficarem louros). Note que o tempo e a temperatura do forno determinam o resultado final dos biscoitos, que podem ficar crocantes e secos, se estiverem mais tempo e com temperatura mais baixa ou, pelo contrário, manter alguma humidade interior e algum sabor aos vinhos, se usar o forno mais quente alguns minutos.

Deixe os borrachões arrefecerem completamente e sirva.
( Da minha Recolha de Receitas -http://www.docesregionais.com/borrachoes/)