Acerca de mim

A minha foto

adoro cozinhar e ao longo dos anos, fiz uma recolha de receitas, que estou a publicar no meu blog http://docemelga.blogspot.pt/
 além disso dedico-me de corpo e alma à aprendizagem recente dos trabalhos em pasta de açúcar...

domingo, 6 de outubro de 2013

Bolo Principe


A cidade de Beja e outras localidades alentejanas foram sede, ao longo dos séculos, de diversos conventos que deixaram na região um riquíssimo legado de doces conventuais. O bolo príncipe, como o pão de rala, entre outros, são alguns dos expoentes máximos da maravilhosa doçaria conventual alentejana.

Os ingredientes usados na receita – como os ovos, as amêndoas, a grande quantidade de gemas ou os fios de ovos – denunciam a origem conventual deste bolo, que é um deleite para a vista e para o paladar.

Ingredientes:

· 1 tigela de doce de chila
· 1 tigela de fios de ovos
· 12 gemas
· 12 trouxas de ovos
· 2 colheres (sopa) de farinha
· 200 ml de água
· 500 g de amêndoas
· 750 g de açúcar
· fondant p/ a cobertura

Para a decoração

· abóbora coberta ou cascas de laranja cristalizadas (opcional)
· confeitos prateados (opcional)
Material necessário
· Papel vegetal

Confeção:

Escalde, pele e rale as amêndoas.
Leve o açúcar ao lume com a água e deixe ferver até fazer ponto de pasta (quando a calda adere à colher sem correr).
Junte a amêndoa, as gemas bem batidas e a farinha e leve tudo ao lume para enxugar. Retire do calor e deixe arrefecer.
Entretanto, unte muito bem um tabuleiro e polvilhe-o abundantemente com farinha.
Faça uma tira de papel vegetal e prenda-lhe as pontas com alfinetes de modo a obter uma argola do tamanho do bolo que quiser fazer.
Tire um pouco da massa de amêndoa e, com as mãos polvilhadas com farinha, espalme-a, dando-lhe a forma de uma rodela. Coloque a massa no tabuleiro, contornando-a com a tira de papel vegetal.
Espalhe por cima uma camada de fios de ovos, outra de chila e outra ainda de trouxas bem espalmadas e escorridas. Cubra tudo com uma camada de doce amêndoa.
NB: O bolo pode ficar desta altura ou colocar-se a mesma sequência de camadas de ingredientes, ficando com a altura que se quiser.
Retire a tira de papel, envolva todo o bolo com bastante farinha e volte a colocar a tira de papel para impedir que o bolo alastre durante a cozedura, que deve ser em forno muito brando.
Depois de cozido, retire toda a farinha e cubra o bolo com fondant.

Enfeite com confeitos prateados ou com flores, feitas com tiras de abóbora coberta ou laranja cristalizada.